quinta-feira, 1 de maio de 2008

Recordações de Angola - 3

(Por Luis Marques)

CABINDA




(NA FLORESTA DO MAIOMBE)







Olha os irmãos da nossa confraria!


Muito solenes nas dopas vermelhas!


Ninguém supôs que nesta aldeia havia


Tantos bigodes e tais sobrancelhas!



O Jaime Ferreira, o José Manuel Francês e o Fernando Pinho em Cabinda (1974). Reparem bem nas suas poses, dignas de artistas do cinema italiano dos anos 70.


Por esta altura, a maioria dos furriéis deixou crescer o bigode, como forma de "provocar" o nosso saudoso capitão.


O Cinema Chiloango, em Cabinda.

Que saudades das sessões de cinema nos sábados à noite...

2 comentários:

Luis Marques disse...

No fundo, quem mais se sentia provocado era o tenente Rodrigues, que durante meses nos perseguiu, do género: Fulano corta lá o bigode, porque não pedite autorização e coisas do género. Só que não conseguiu que se lhe obedecesse.
Luis Marques

José M Francês disse...

BIGODES ! Havia muitos...
Mas que o Capitão , santa alma açoreana , não gostava muito deles, ai isso não !

BATALHÃO DE CAÇADORES 4611/72

BATALHÃO DE CAÇADORES 4611/72
conduta brava e em tudo distinta